Follow by Email / Siga por email

domingo, março 28, 2010

IMAGENS DO CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA E MEDICINAS NÃO CONVENCIONAIS - IPJ - LISBOA


IMAGENS DO CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA E MEDICINAS NÃO CONVENCIONAIS - IPJ - LISBOA - PARQUE DAS NAÇÕES
MAIS IMAGENS EM BREVE DE TODO O EVENTO - ONDE FOI O 1º LANÇAMENTO DO LIVRO "SEMENTES DE VIDA"
VER SITE:
www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

LIVRO "SEMENTES DE VIDA" MAIS EVENTOS - APRESENTAÇÃO



"SEMENTES DE VIDA" MAIS EVENTOS - LANÇAMENTOS
***2ª EDIÇÃO JÁ a CAMINHO DAS BANCAS***

CONVITE

DIA 10 PELAS 15.30 NO PALÁCIO RIBAMAR - ALGÉS - PRÓXIMO COMBOIOS E PALÁCIO DOS ANJOS

LIVRO À VENDA NO LOCAL DA FEIRA DO LIVRO

http://www.cm-oeiras.pt/noticias%5CPaginas/FeiradeArtesanatoedoLivro_1.aspx

Feira de Artesanato e do Livro

Em Algés

Feira de Artesanato e do Livro

Revitalizar o espaço exterior do Palácio Ribamar, promovendo e dinamizando, em paralelo, a Biblioteca Municipal de Algés, são os objectivos da Feira de Artesanato e do Livro que ali acontece, desde Outubro, nos segundos sábados de cada mês.
A iniciativa visa promover o trabalho artesanal, o livro e a leitura, em articulação com actividades culturais desenvolvidas por entidades locais.


DIA 10 DE ABRIL pelas 18.30, LOJA AMORC - RUA D. DINIS, 24 - LISBOA - PRÓXIMO AO RATO

http://www.planologia.com/amorc/portugal/index.html

E OUTRAS MAIS APRESENTAÇÕES A CONFIRMAR:

CASA DE GOA - LISBOA, LIVRARIAS, BIBLIOTECAS...


Ver Site: www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

sexta-feira, março 26, 2010

"FLOR-DE-LIS" SIGNO SOLAR - ANTENA 1



Dia 1 de Abril, às 15h00, na Antena 1
Viva a Música recebe os "flor-de-lis"


Viva a Música (dia 1 de Abril - 5ª feira às 15h)
Armando Carvalhêda convida o grupo vencedor do Festival da Canção RTP 2009, "flor de lis" que apresenta o seu primeiro disco "Signo Solar"

VER SITE:www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

RTP - 1 - HOJE PELAS 23.32 - TEATRO - UM NOIVADO DO DAFUNDO


ÀS 23H32, NA RTP1
TEATRO NA RTP: UM NOIVADO DO DAFUNDO

Uma festa de noivado para satirizar o novo-riquismo de certas camadas da sociedade portuguesa de meados do séc. XIX...

Um noivado no Dafundo, de Almeida Garrett, parte de uma festa de noivado para satirizar o novo-riquismo de certas camadas da sociedade portuguesa de meados do séc. XIX.

Ana Máxima, amante de tudo o que é francesismo, organiza para a filha Adélia um noivado à francesa nas praias do Dafundo. Adélia, insatisfeita com um casamento por dinheiro, percebe que a falta de sentimentos do noivo é recíproca. Já Antunes, empregado do pai, tem no seu coração lugar cativo. Será que o noivo vai notar esta afeição de Adélia?

Origem: Portugal – 2009Duração: 32m 56s
Produção: Valentim de Carvalho Televisão
Com: Ana Padrão, Fernando Ferrão, Marta Leite Castro, Miguel Moreira, Paulo Rocha, Paulo Matos e Elsa Aleluia

Ver Site: www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

terça-feira, março 09, 2010

ESCOLAS - EB 1 ALMEIDA GARRETT e EB 1 SOFIA DE CARVALHO - ILDA OLIVEIRA





ESCOLAS - EB 1 ALMEIDA GARRETT E EB 1 SOFIA DE CARVALHO - ILDA OLIVEIRA

Caros amigos e visistantes, deixo este trabalho realizado pela Professora bibliotecária. Licenciada. Curso de Professores do Ensino Básico 2º ciclo, na variante de Português e Inglês. Mestrado em Relações Interculturais (2005).

Durante a semana da leitura , Ilda Oliveira presenteou-nos com várias histórias;
" Se eu fosse um Abraço...", " Eu Sonho e Tu? ", " Os 3 Sorrisos",
" Vamos Acreditar!" , " Somos Diferentes! ", " O Maravilhoso desceu à Cidade" , " Reviver outros tempos...", “O dia em que o meu bairro ficou de pantanas”, “ História sem Fim…”, “ Mão faladora”.E demais temas…








Cantou um poema do seu amigo José Fanha " Palavras". Ora vamos ouvir...

E ainda Fotos recolhidas durante o momento...

Grata pela atenção de todos que colaboraram no evento.

Ver Site:
www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

COMÉDIA MOSQUETA - DE ANGELO BEOLCO, DITO O RUZANTE E ENCENAÇÃO DE MÁRIO BARRADAS



COMÉDIA MOSQUETA - DE ANGELO BEOLCO, DITO O RUZANTE E ENCENAÇÃO DE MÁRIO BARRADAS

TEATRO MUNICIPAL DE ALMADA - DE 11 A 21 DE MARÇO

Quinta a Sábado às 21.30 e Domingos às 16 h - sala principal

Ver site: www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

segunda-feira, março 08, 2010

LIVRO "SEMENTES DE VIDA" - ILDA OLIVEIRA - IPJ - 6º CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA



LIVRO "SEMENTES DE VIDA" de ILDA OLIVEIRA LANÇAMENTO NO DIA 13 DE MARÇO PELAS 10H - IPJ -PARQUE DAS NAÇÕES - LISBOA NO 6º CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA

CONVIDO TODOS OS AMIGOS E VISITANTES A PARTICIPAR...

QUE AS SEMENTES CONTIDAS NESTE LIVRO POSSAM SER UM PRESENTE NA VOSSA CAMINHADA "PRESENTE"

Assim começa o livro:

Apresentação




Acredito que todos nós viemos das estrelas... e acredito ainda que, para curar a nossa saudade do céu, Deus coloca nas nossas vidas oportunidades singulares,: momentos, pessoas, estações realmente abençoadas que nos fazem sentir que não é preciso morrer para ir para o céu...

Ilda Maria e os seus escritos, como ela própria os chama, são como essas curas...

São um copo de água em meio à superficialidade e correrias que vive-mos...

São porto seguro onde podemos ancorar em horas difíceis e sem paz...

São duma sensibilidade a toda prova...

São como fonte de água pura onde bebemos fartamente...

São sementes a germinar nos nossos corações, cuidando-nos de dentro para fora...

Que estas Sementes de Vida, querida Ilda, brotem em flores de esperança nas nossas vidas, e que você as colha em profusão lá no jardim do céu quando um dia todos nos encontrarmos outra vez por lá!
...

Boa colheita para todos nós!

Laureny Aparecida Lúcio Moterani

*Obrigado Laureny pela a tua Essência que tão bem soube ilustrar o Presente " Sementes de Vida"

Creio que ele perfuma o todo Partilhado...

Bem Hajas amiga...até breve

* Custo do livro com portes de correio 10 sementes. Caso pretenda um exemplar por correio, terá mais o custo dos portes.


Ver Site: www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

quinta-feira, março 04, 2010

UMA HISTÓRIA...ERA UMA VEZ..."O PÃO DOS OUTROS"



O pão dos outros

Remi está a conversar com a avó.
Gosta de a ouvir falar dos seus tempos de menina.
– Na minha aldeia, na Provença, pelo Ano Novo, no primeiro dia de Janeiro, toda a gente oferecia uma prenda a toda a gente. Vê lá se és capaz de adivinhar o que seria.
Remi lança palpites:
– Comprar prendas para a aldeia inteira… É preciso muito dinheiro. Quer dizer que as pessoas eram ricas?
A avó riu-se:
– Oh, não! Naquele tempo, tinha-se muito pouco dinheiro e ninguém na aldeia comprava prendas. Nem sequer havia lojas como há hoje.
– Então faziam as prendas?
– Não propriamente!
– Então como é que faziam?
– Era muito simples. Ora ouve…
Antigamente, cada família fazia o seu pão. Não havia água corrente nas casas. Então íamos buscá-la à fonte, no largo da aldeia.
E, no dia um de Janeiro, de manhã muito cedo, a primeira pessoa que saía de casa, colocava um pão fresco no bordo da fonte, enquanto enchia a bilha de água. Quem chegava a seguir pegava no pão e punha outro no mesmo lugar para a pessoa seguinte, e assim por diante…
Desta forma, em todas as casas, se comia um pão fresco oferecido por outra pessoa. Nem sempre se sabia por quem, mas garanto-te que o pão nos parecia muito bom porque era como se fosse um presente de amizade.
As pessoas que estavam zangadas pensavam que talvez estivessem a comer o pão do seu inimigo e isso era uma espécie de reconciliação…

Durante alguns dias, esta história andou a martelar na cabeça de Remi.
Uma manhã, teve uma ideia.
Meteu no bolso uma fatia de pão de lavrador. É o pão que se come na casa de Remi.
E na escola, um pouco antes do recreio, Remi pousou o pão bem à vista, em cima da carteira de Filipe, o seu vizinho.
Filipe está sempre com fome e repete sem cessar a Remi:
– Oh! Que fome, que fome eu tenho! Bem comia agora qualquer coisa!
Quando Filipe viu a fatia de pão, que rica surpresa! Sabia muito bem quem lha tinha dado, mas fingiu que não sabia.
No recreio, todo contente, comeu o pão sem dizer nada a Remi, mas…
No dia seguinte, sabem o que é que Remi encontrou em cima da carteira, mesmo antes do recreio? … Um pedaço de cacete!
Um grande pedaço bem estaladiço! Um verdadeiro regalo!
Filipe ria-se.
E assim continuaram a dar um ao outro presentes de pão.
Na aula, a Carlota e a Sílvia estão sentadas logo atrás de Filipe e de Remi. Rapidamente souberam da história do pão e quiseram também participar nas surpresas.
No dia seguinte, Sílvia levou uma fatia de cacetinhoe Carlota uma fatia de pão centeio.
Outras crianças quiseram participar nas prendas de pão.
Apareceu pão grosseiro, pão de noz, pão de sêmea, pão sem côdea, pão caseiro, pão fino, pão russo, negro e um pouco ácido, que Vladimir levou, pedaços de pão árabe, que a mãe de Ahmed cozera no forno, e ainda muitos outros tipos de pão.
Desta forma, quase toda a turma se pôs a trocar pedaços de pão durante o recreio.
A professora apercebeu-se das trocas e perguntou:
– Mas o que é que vocês estão aí a fazer?
Carlota e Remi contaram-lhe toda a história do pão dos outros.
E logo após o recreio, o que é que estava em cima da secretária da professora? …um pedaço de pão!
Toda a classe tinha os olhos postos na professora. Ela sorriu e comeu o pão.
E, no domingo seguinte, quando Remi viu a avó, era ele que tinha uma história para lhe contar:
– Sabes, avó? Olha, na minha turma…


Michèle Lochak
Le pain des autres
Paris, Flammarion, 1980


VER O SITE: www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

terça-feira, março 02, 2010

6º CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA E MEDICINAS NÃO CONVENCIONAIS - LISBOA



6º CONGRESSO MUNDIAL DE NATUROPATIA E MEDICINAS NÃO CONVENCIONAIS - LISBOA
13 e 14 de Março no IPJ

Estarei presente com o momento músical no congresso, e ainda o Lançamento do livro " Sementes de Vida" que terá lugar na abertura do Congresso pelas 10.15 do dia 13 de Março.


www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/