Follow by Email / Siga por email

segunda-feira, abril 24, 2006

" A Viagem "

“ A Viagem “

O que havia antes de existirem as Estrelas no Céu?
Talvez esta pequena História possa responder a essa pergunta...

Há muito, muito Tempo atrás, num Distante lugar do Espaço vivia um grande ser de luz. Ele era tão Belo e Radioso que ele próprio nada via além de sua própria Luz, nada escutava Além de seu Próprio Respirar e Pulsar. Mas apesar dessa grande dimensão de existência, este Ser vivia só, no meio de algo que ele próprio desconhecia mas certo dia nasceu nele uma Grande vontade de conhecer o que existia além dele mesmo. E neste Grande desejo O Ser de Luz resolveu Meditar.
Meditou...
Meditou...
E ao fim de algum tempo disse:
- E se eu me dividisse em muitas e muitas partes de mim, e se a cada parte de mim eu deixa-se algo semelhante a todas elas ?
- A cada uma darei, o meu Pulsar, Respirar, a Ternura e a Luz que em mim Vivem e se um dia Eu quiser voltar ao que antes era concerteza o Caminho saberei encontrar.
E assim tomada a decisão, num Grande momento de emoção gerado no Interior deste Belo e Radioso Ser uma Grande Explosão aconteceu, e em muitas e muitas partes Ele se Dividiu...
Agora “ Ele “ não era mais um só, era todos aqueles pontos de Luz no céu, estrelas, sois, cometas ou outras coisas mais...
E se um dia “ Ele “ quiser voltar ao que antes era , concerteza o Caminho de Volta saberá Encontrar em cada Parte de si ...
Este Ser que antes era Luz, é Vida em cada um de Nós assim como em cada pedaço de existência que Existe em Toda a Parte .
Esta História em sua essência Nascida á tempos atrás fala de algo muito Importante. Dum Amor Profundo, do Respeito á Vida e da Partilha que existe em cada um de Nós que é Vida.
Este Ser de Luz é Criação é um Todo no Todo é Amor...



Ilda Maria de Oliveira

1 comentário:

josé paula santos disse...

E sabes o mais estranho, e, ao mesmo tempo, o mais maravilhoso?! É que estes valores que mencionas na tua história são mágicos: ao serem divididos com os outros, em vez de diminuir, crescem...

Bjks, José