Follow by Email / Siga por email

sexta-feira, abril 16, 2010

LÁ E CÁ - UMA CO-PRODUÇÃO TV CULTURA E RTP2



"LÁ E CÁ"

Caros amigos deixo nesta casa um pouco de informação sobre um novo programa da RTP 2, creio que virá a dar que falar, no sentido positivo.

Parabéns à RTP

UMA CO-PRODUÇÃO TV CULTURA E RTP2

Emitida em simultâneo no Brasil e em Portugal

Paulo Markun e Carlos Fino apresentam série de 13 programas


“Lá e Cá” é uma série sem paralelo na história da televisão quer em Portugal quer no Brasil. Nunca antes dois reputados jornalistas de um e do outro lado do Atlântico se tinham juntado para apresentar um programa sobre a realidade actual, a história e os futuros possíveis da relação entre os dois países. Sem temor do politicamente incorrecto e sem temor de desmontar as opiniões que propagam, lá e cá, visões erradas e preconceituosas do “país irmão”. Mas procurando mostrar também as realidades novas que marcam o presente dessa relação transatlântica que fala em português e que conhece hoje uma dinâmica particularmente fecunda. Fugindo aos “clichés” estafados, mas não deixando de os registar. Pensando o futuro, sem fazer tábua rasa dos grãos de areia que ainda continuam a emperrar a navegação entre “Lá e Cá”.

Conduzida por Paulo Markun, presidente e director da TV Cultura, e por Carlos Fino, esta série de 13 programas que a RTP2 co-produziu com a TV Cultura é uma aventura luso-brasileira, com os mesmos ingredientes de todas as outras: encontro apaixonado de imediata aproximação que dá origem a inúmeros tropeções de linguagem – logo superados pela gargalhada quando se dá conta de que afinal não nos tínhamos entendido –, viagens num sentido e noutro, reencontro do mesmo escondido sob formas e fórmulas muito diferentes e muito, muito trabalho.

Emitida em simultâneo no Brasil e em Portugal, a série “Lá e Cá” representa algo de absolutamente inédito. É uma estreia em todos os sentidos e significados. Mas é também devedora da nova janela que se abriu para a relação entre os dois países neste início do século XXI. Janela que engloba também os países africanos de fala portuguesa – tal como é por diversos modos e em múltiplas ocasiões referido na série – e que abre para uma relação muito mais próxima e muito mais rica entre o Brasil e Portugal.

De facto, na última década uma quantidade impressionante de capitais e turistas portugueses escolheram o Brasil como o seu destino preferido. Ao mesmo tempo, muitos brasileiros vieram procurar emprego em Portugal. Estes movimentos alteraram de modo radical a visão que tínhamos uns dos outros e aproximaram, como nunca antes, os dois países. Hoje, aqui em Portugal, quem nos traz notícias do Brasil são os portugueses que estão LÁ e os brasileiros que vivem CÁ. E o mesmo, trocando os termos, vale também para a imagem de Portugal no Brasil. LÁ e Cá têm agora canais de comunicação e conhecimento mais fortes e enraizados. Tudo isto é ainda muito novo. Mas tudo isto é já muito diferente do passado recente.

Para construirmos esta série, filmámos e gravámos em Portugal e no Brasil, pesquisámos arquivos em cada um dos dois países, tratámos sons, fotos, músicas, documentos e imagens em todos os países de fala portuguesa, entrevistámos peritos e gente de rua, coordenámos equipas em Lisboa e São Paulo, trocámos milhares de mensagens e inventámos um modo de trabalhar em conjunto e quase em simultâneo a partir das duas cidades.

Para além do contributo decisivo dos dois apresentadores e da imensa disponibilidade e competência profissional da Digital Azul, produtora independente portuguesa liderada por João Tocha, devemos um agradecimento muito especial à realizadora Laine Milan que juntou sabiamente

todas as peças deste imenso puzzle construído ao longo de mais de 15 meses e lhe deu a forma final, encontrando soluções geniais para não poucos momentos em que parecia termos entrado em becos sem saída. Agradecimento é igualmente devido a Carlos Wagner, o homem que esteve sempre por detrás deste projecto desde a primeira vez que nele pensámos (e já lá vão três anos), nunca deixando de lutar por ele e de remover todos os obstáculos que foram surgindo.

Obrigado TV Cultura! Obrigado Paulo Markun! Obrigado Carlos Fino!


Jorge Wemans

Director RTP2



Sequência de emissão:

Brasil e Portugal (no ar dia 25 de Abril)

Pai e Filho? (no ar dia 02 de Maio)

A Língua (no ar dia 09 de Maio)

Vai e Vem (no ar dia 16 de Maio)

Clichês (no ar dia 23 de Maio)

Heranças (no ar dia 30 de Maio)

Colónias (no ar dia 06 de Junho)

Espírito do Povo (no ar dia 13 de Junho)

Tempos Modernos (no ar dia 20 de Junho)

Mistérios e Lendas (no ar dia 27 de Junho)

O Triângulo (no ar dia 04 de Julho)

Globalização (no ar dia 11 de Julho)

O Futuro (no ar dia 18 de Julho)

www.ashistoriasdailda.no.comunidades.net/

Sem comentários: